30
Ago
11

The Judgement

É verdade?

Sim, confirmo os factos. Infelizmente é verdade o que aconteceu nesse dia 8 de Março. Foi um dia em que ultrapassei todos os limites e de que me arrependo muito. Foi na noite de carnaval, cometi excessos que nunca pensei vir a cometer na minha vida, pois são actos com o qual não me identifico e que foram de excepção. Nunca antes me aconteceu tal coisa pois não tenho hábitos de beber bebidas alcoólicas, muito menos quando conduzo. Foi um dia em que facilitei e que teve efeitos que nem eu alguma vez imaginava que pudesse vir a ter. A minha reacção ao álcool foi inesperada porque era desconhecida e sinto-me bastante mal com as consequências. Em primeiro lugar porque coloquei em risco a vida de quem me acompanhava, pessoa que além de amigo é como um irmão porque crescemos juntos. Depois porque poderia ter colocado em risco outras pessoas totalmente inocentes. Coisas de que jamais me perdoarei.

Em segundo lugar porque, inconscientemente, coloquei em causa outras coisas essenciais na minha vida, nomeadamente o meu posto de trabalho e o próprio funcionamento da empresa que represento. Exerço funções que são essenciais ao desenvolvimento da empresa, nomeadamente porque sou o responsável técnico e tenho de acompanhar as diversas obras em vários pontos do país. E tratando-se de uma microempresa, com muito poucas pessoas, a impossibilidade de exercer a minha profissão coloca em sérias dificuldades o desenvolvimento da nossa actividade.

Consequentemente, coloquei em causa a minha condição financeira, que além da prestação mensal do carro, tenho um contributo importante em casa, onde o meu pai recebe uma reforma baixa, inferior a 300 euros, e a minha mãe nada recebe porque nunca fez descontos. Mensalmente contribuo com o pagamento de algumas despesas da casa, e com o meu salário de 750€ as dificuldades irão aumentar decerto.

Este é de facto um tipo de conduta que não me pertence, que foi uma excepção infeliz e que contraria todos os valores pelos quais sigo a minha vida. Prezo muito a minha honestidade e respeito para com os outros, socialmente sou uma pessoa que gosta muito de colaborar em qualquer actividade que promova o convívio e o bem-estar social, e como exemplo disso há o facto de que faço parte da associação recreativa da minha terra, sendo um dos membros mais activos da direcção, apoio eventos locais que visem angariação de fundos para a criação de infra-estruturas que beneficiem as pessoas, e faço também parte de uma comissão de festas que organiza a celebração anual em honra ao santo padroeiro da igreja de Alpedriz. Por estes e outros motivos é revoltante para mim próprio ver-me nesta situação. Se antes não o fazia, é agora para mim certo que nunca mais o voltarei a fazer.

Tem mais alguma coisa a acrescentar?

Sim, quero mais uma vez referir que me arrependo profundamente do ocorrido, e que, de forma a compensar a sociedade pelo meu erro, me disponho a colaborar com serviço em prol da comunidade.

Anúncios

0 Responses to “The Judgement”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Share this blog

Bookmark and Share
Bookmark and Share

Blog Stats

  • 3,154 hits
Agosto 2011
S T Q Q S S D
« Jun    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

twitter

  • ++++++++++++ há dias bons basta pôr-mo-nos a jeito para que eles apareçam... 7 years ago
  • hoje é o dia de inglês... fuck'n life... 7 years ago
  • ora mais uma semana.... uma boa semana pa mudar de rumo ;) .... 7 years ago

%d bloggers like this: